A energia térmica, fundamental na vida moderna, é a energia liberada pelo movimento das partículas em uma substância. Amplamente utilizada em processos industriais, geração de eletricidade e aquecimento doméstico, ela reflete o nível de atividade molecular e está intrinsecamente ligada à temperatura

ENERGIA TÉRMICA – O QUE É E PRA QUE SERVE

O que é energia térmica? Como é gerada? Como a energia térmica pode ser armazenada? Como é transportada? Quais as principais formas de uso e aplicação da energia térmica? Qual a participação da energia térmica no consumo de energia no Brasil e na Europa?
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram
Saudações sustentáveis!

A energia térmica, essencial em diversas aplicações modernas, é gerada através da conversão de diferentes formas de energia. Uma das fontes mais comuns é a queima de combustíveis fósseis, como carvão, gás natural e petróleo, em usinas termelétricas. Neste processo, a energia química armazenada nos combustíveis é liberada na forma de calor, que, por sua vez, é utilizada para gerar vapor. Este vapor aciona turbinas que, conectadas a geradores, produzem eletricidade. Além disso, a energia térmica pode ser gerada por processos nucleares, como a fissão nuclear em reatores, e fontes renováveis, como a energia geotérmica, que aproveita o calor proveniente do interior da Terra.

A FINEP está comprometida com a inovação e a sustentabilidade, liberando até R$ 250 milhões para projetos com biogás. Esse financiamento substancial oferece uma oportunidade significativa para impulsionar a produção de energia limpa a partir de resíduos orgânicos e contribuir para a mitigação das mudanças climáticas.
os valores liberados de até r$ 250 milhões pelo finep para projetos com biogás representam um passo importante na promoção de tecnologias sustentáveis e na transição para uma matriz energética mais verde. esses recursos apoiam iniciativas inovadoras que têm o potencial de revolucionar a produção de energia renovável.

As aplicações da energia térmica são vastas e variadas, indo desde o uso doméstico até aplicações industriais complexas. No ambiente doméstico, essa energia é fundamental para o aquecimento de água, cozimento de alimentos e sistemas de aquecimento ambiente. Na indústria, ela é usada em processos como a fusão de metais, produção de cimento e geração de vapor para turbinas. Outra aplicação significativa da energia térmica está na cogeração, onde o calor residual de processos industriais é reaproveitado para a geração de eletricidade ou aquecimento, maximizando a eficiência energética.

Para aproveitar a energia térmica de forma mais eficiente, é crucial integrá-la a um mix diversificado de energias. Isso inclui a adoção de tecnologias de ponta em sistemas de cogeração, onde o calor residual é utilizado de maneira eficaz. A eficiência energética pode ser ainda mais aprimorada com o uso de isolamentos térmicos avançados, sistemas de recuperação de calor e a otimização dos processos de combustão. Além disso, é importante o investimento em fontes de energia renováveis, como solar e eólica, integrando-as aos sistemas de geração térmica, para criar um sistema energético mais sustentável e menos dependente de combustíveis fósseis. A eficiência no aproveitamento da energia térmica não só otimiza o uso dos recursos disponíveis, mas também desempenha um papel crucial na redução das emissões de gases de efeito estufa, alinhando-se às metas globais de sustentabilidade ambiental.

O que é energia térmica? 

A energia térmica é uma forma de energia que está diretamente relacionada ao movimento e à vibração das partículas (átomos, moléculas ou íons) em substâncias. Esta forma de energia está intimamente associada à temperatura de um objeto ou sistema. Em termos simples, quanto mais quente um objeto, maior é a sua energia térmica.

Ao Redor De Uma Fogueira, A Energia Térmica Se Manifesta Em Ondas De Calor Confortáveis. Essa Fonte Primordial De Aquecimento Não Só Afasta O Frio, Mas Também Reúne As Pessoas, Promovendo Comunhão E Partilha Em Noites Frias Sob O Céu Estrelado
em uma fogueira, a energia térmica é liberada pela combustão da madeira. este calor ancestral, além de iluminar, tem a função vital de aquecimento, criando um refúgio acolhedor contra o frio da noite, e evocando um sentimento de conexão e tranquilidade nos momentos ao ar livre.

A energia térmica pode ser compreendida através de alguns pontos principais:

  • Movimento das Partículas: Em qualquer substância, as partículas estão em constante movimento aleatório. Esse movimento é o que constitui a energia térmica. Em sólidos, as partículas vibram em torno de posições fixas, enquanto em líquidos e gases, elas se movem mais livremente.
  • Temperatura e Calor: A temperatura é uma medida da energia térmica média das partículas em uma substância. O calor, por outro lado, é a transferência de energia térmica entre diferentes corpos ou entre diferentes partes de um mesmo corpo, devido à diferença de temperatura.
  • Formas de Transferência de Calor: A energia térmica pode ser transferida de três formas principais: condução (através de um material), convecção (por meio do movimento de fluidos) e radiação (emissão de energia na forma de ondas eletromagnéticas).
  • Capacidade de Armazenamento de Energia Térmica: Diferentes materiais têm diferentes capacidades de armazenar energia térmica, um conceito conhecido como calor específico. Por exemplo, a água tem um alto calor específico, o que significa que ela pode armazenar uma grande quantidade de energia térmica sem uma grande variação de temperatura.

A energia térmica desempenha um papel crucial em várias aplicações, desde processos industriais até sistemas de aquecimento e refrigeração, e é uma componente fundamental nos estudos da termodinâmica.

Como a energia térmica é gerada? 

A energia térmica é gerada a partir da conversão de outras formas de energia em calor.

Utilizando Biogás, Um Subproduto Da Decomposição De Matéria Orgânica, Para Gerar Energia Térmica, Cria-Se Uma Solução Ambientalmente Amigável. Este Método Não Só Aproveita Resíduos, Mas Também Fornece Uma Fonte De Energia Renovável Para Postos De Combustível. Essa Abordagem Integra Sustentabilidade E Inovação, Oferecendo Uma Alternativa Verde Ao Uso De Combustíveis Tradicionais.
a geração de energia térmica a partir da combustão de biogás representa uma inovação sustentável. este processo, transformando resíduos orgânicos em energia, não apenas gera calor eficiente, mas também promove uma economia circular. tal sistema poderia abastecer postos de combustível com energia renovável, reduzindo a dependência de fontes fósseis e diminuindo a pegada ambiental.

Existem vários métodos e processos através dos quais isso pode ser alcançado:

  • Combustão de Combustíveis Fósseis: Uma das formas mais comuns de geração de energia térmica é a queima de combustíveis fósseis, como carvão, gás natural e petróleo. Durante a combustão, as ligações químicas nos combustíveis são quebradas, liberando energia na forma de calor.
  • Reações Nucleares: Em usinas de energia nuclear, a energia térmica é gerada por meio da fissão nuclear, um processo no qual núcleos atômicos pesados, como o urânio ou o plutônio, são divididos em núcleos menores, liberando uma grande quantidade de energia na forma de calor.
  • Atrito: O atrito entre dois objetos também gera calor. Por exemplo, quando freamos um carro, a energia cinética é convertida em energia térmica devido ao atrito entre as pastilhas de freio e os discos.
  • Resistência Elétrica: A energia elétrica pode ser convertida em energia térmica através da resistência elétrica. Um exemplo comum é o aquecedor elétrico, onde a corrente elétrica passa por um material resistivo, convertendo energia elétrica em calor.
  • Absorção de Radiação: Objetos podem absorver radiação eletromagnética (como a luz solar) e convertê-la em calor. Isso é frequentemente observado com a energia solar, onde a luz do sol aquece superfícies e materiais.
  • Processos Exotérmicos Químicos: Alguns processos químicos liberam calor. Por exemplo, na reação de oxidação, a combinação de oxigênio com outras substâncias frequentemente libera energia térmica.
  • Energia Geotérmica: Esta é uma fonte de energia térmica natural, originária do calor interno da Terra. Em algumas regiões, esse calor é suficientemente acessível para ser utilizado diretamente para aquecimento ou para gerar eletricidade.

Cada um desses métodos tem diferentes aplicações e implicações, tanto em termos de eficiência quanto de impacto ambiental. A escolha de um método específico geralmente depende de fatores como disponibilidade de recursos, custo, necessidades energéticas e considerações ambientais.

Como a energia térmica pode ser armazenada? 

Armazenar energia térmica é uma tarefa que envolve a retenção do calor gerado para uso posterior. Existem várias técnicas e materiais que podem ser usados para armazenar energia térmica, cada um com suas próprias aplicações e eficiências.

O Armazenamento De Biogás Como Fonte De Energia Térmica Antes Da Combustão Oferece Flexibilidade Notável. Este Gás, Armazenado Em Condições Seguras, Permite A Conversão Em Energia Térmica Somente Quando Necessário, Otimizando O Uso E Evitando Desperdícios. Assim, A Energia É Liberada Exatamente No Local E Momento Desejados, Aumentando A Eficiência Energética.
armazenar biogás antes de sua conversão em energia térmica é uma estratégia eficaz que alia conservação e demanda. esta abordagem permite que a combustão seja realizada de maneira controlada, apenas no momento e local do consumo, garantindo uma entrega de energia mais precisa e alinhada às necessidades específicas dos usuários

Aqui estão algumas das maneiras mais comuns de armazenamento de energia térmica:

  • Materiais com Alta Capacidade Térmica: Alguns materiais têm a capacidade de absorver e reter grandes quantidades de calor. A água é um exemplo clássico, devido ao seu alto calor específico. Outros materiais, como certos sais fundidos, podem armazenar calor a temperaturas muito mais altas.
  • Armazenamento de Calor Sensível: Esta é a forma mais direta de armazenamento de energia térmica, onde o calor é armazenado aumentando a temperatura de um material. Materiais como água, areia, pedras e óleos térmicos são frequentemente usados para armazenar calor desta forma.
  • Armazenamento de Calor Latente: Neste método, a energia é armazenada e liberada através de mudanças de fase de um material, geralmente de sólido para líquido e vice-versa. Materiais de mudança de fase (PCM – Phase Change Materials) absorvem ou liberam calor quando mudam de estado, o que pode ser aproveitado para armazenamento de energia térmica. Exemplos incluem parafina e sais.
  • Armazenamento de Calor Termoquímico: Este método envolve reações químicas reversíveis que absorvem ou liberam calor. Durante a reação de decomposição, a energia é absorvida e armazenada; quando a reação é revertida, a energia é liberada. Este método pode potencialmente armazenar energia por longos períodos sem perdas significativas.
  • Sistemas de Armazenamento Subterrâneo de Calor: Em algumas instalações, principalmente em projetos de energia geotérmica, a energia térmica é armazenada no subsolo. Aquíferos, cavernas de sal e formações rochosas podem ser usados para este propósito, aproveitando a capacidade isolante da terra.
  • Tanques de Armazenamento Isolados: Para aplicações industriais e comerciais, tanques de armazenamento isolados são frequentemente usados para armazenar fluidos aquecidos, como óleo ou água. Estes tanques são projetados para minimizar a perda de calor para o ambiente.

A escolha do método de armazenamento depende de fatores como a quantidade de energia a ser armazenada, o período de armazenamento, a faixa de temperatura necessária e considerações econômicas. O desenvolvimento de métodos eficientes de armazenamento de energia térmica é crucial para maximizar o uso de fontes de energia renováveis e para melhorar a eficiência energética em muitos processos industriais.

Como a energia térmica pode ser transportada? 

O transporte de energia térmica é um aspecto crucial em muitos sistemas e processos industriais, residenciais e comerciais. A energia térmica pode ser transportada de várias maneiras, dependendo da distância, da quantidade de energia envolvida e da eficiência desejada. Aqui estão alguns dos métodos mais comuns:

  • Condução: Este é o processo de transferência de calor através de um material, sem que haja movimento perceptível do próprio material. A condução é eficaz em pequenas distâncias, como dentro de um material ou entre materiais em contato direto. Materiais com alta condutividade térmica, como metais, são excelentes para transportar calor por condução.
  • Convecção: A convecção envolve o movimento de um fluido (líquido ou gás) que transporta calor. Este método é usado em sistemas de aquecimento e resfriamento, onde um fluido, como água ou ar, é aquecido e então circula pelo sistema, transferindo calor. A convecção é eficaz para transportar energia térmica dentro de edifícios ou em processos industriais.
  • Sistemas de Tubulação com Fluidos Térmicos: Em muitas aplicações industriais, a energia térmica é transportada por meio de tubulações que contêm um fluido térmico, como óleo, vapor ou água. Este método é amplamente utilizado em usinas de energia, refinarias e processos químicos.
  • Transferência de Calor por Radiação: A energia térmica também pode ser transportada através de radiação térmica, um processo que não requer um meio material. A radiação infravermelha é um exemplo disso e é utilizada em algumas formas de aquecimento, como aquecedores de espaço.
  • Redes de Calor: Em algumas cidades, a energia térmica é distribuída através de redes de calor. Estas redes transportam água quente ou vapor de uma central de produção até vários edifícios, fornecendo aquecimento e água quente.
  • Calor Latente de Materiais de Mudança de Fase: Materiais de mudança de fase (como sais fundidos) podem ser usados para transportar calor. Estes materiais absorvem calor, mudam de fase (por exemplo, de sólido para líquido), são transportados até o local de uso, onde liberam o calor ao mudar de volta para a fase original.

Cada um desses métodos tem vantagens e limitações, e a escolha depende do contexto específico e dos requisitos de eficiência, custo e infraestrutura. Em projetos de grande escala, como redes de aquecimento urbano, uma combinação desses métodos pode ser utilizada para maximizar a eficiência e a confiabilidade do transporte de energia térmica.

Quais as principais formas de uso e aplicação da energia térmica? 

A energia térmica tem uma vasta gama de aplicações, sendo uma das formas de energia mais utilizadas em vários setores.

O Uso De Energia Térmica Na Produção De Tijolos É Um Exemplo De Como O Calor É Fundamental Em Processos Industriais. Aquecendo Fornos A Temperaturas Elevadas, A Energia Térmica Ajuda A Solidificar E Fortalecer A Argila, Criando Tijolos Que Formarão A Base De Estruturas Duradouras E Seguras.&Quot;
na fabricação de tijolos, a energia térmica desempenha um papel crucial. ela é usada para aquecer os fornos de cerâmica, onde a argila é transformada em tijolos duráveis e resistentes. este processo requer um controle preciso da temperatura para garantir a qualidade e a resistência dos tijolos, essenciais na construção civil

Aqui estão algumas das principais formas de uso e aplicação da energia térmica:

  • Geração de Eletricidade: Em usinas termelétricas, a energia térmica gerada pela queima de combustíveis fósseis, biomassa ou através de reações nucleares é usada para produzir vapor. Esse vapor, por sua vez, aciona turbinas que geram eletricidade.
  • Aquecimento Residencial e Comercial: A energia térmica é amplamente usada para aquecer ambientes e água em residências e edifícios comerciais. Isso pode ser feito por meio de sistemas de aquecimento central, caldeiras, aquecedores de água e radiadores.
  • Processos Industriais: Muitos processos industriais requerem calor, como a fundição de metais, a fabricação de vidro, a produção de cimento e o refinamento de petróleo. A energia térmica é essencial para alcançar as temperaturas elevadas necessárias para esses processos.
  • Cozimento e Processamento de Alimentos: O calor é fundamental na cozinha, seja em residências ou em estabelecimentos comerciais, para cozinhar e processar alimentos.
  • Refrigeração e Ar Condicionado: Embora pareça contra-intuitivo, a energia térmica desempenha um papel importante nos sistemas de refrigeração e ar condicionado, onde o calor é removido de um ambiente fechado e transferido para o exterior.
  • Cogeração de Calor e Eletricidade: Em sistemas de cogeração, a energia térmica é utilizada para gerar eletricidade e, ao mesmo tempo, o calor residual desse processo é aproveitado para aquecimento, aumentando significativamente a eficiência energética.
  • Secagem: Em indústrias como a têxtil, madeireira e papel, a energia térmica é usada para secar materiais e produtos.
  • Esterilização: O calor é utilizado em hospitais e laboratórios para esterilizar equipamentos e ferramentas, eliminando bactérias e outros patógenos.
  • Produção de Energia Solar Térmica: Em usinas solares térmicas, a energia térmica do sol é capturada e utilizada para gerar eletricidade ou para aquecimento direto.

Estas são apenas algumas das muitas aplicações da energia térmica. Seu uso é fundamental em quase todos os aspectos da vida moderna, desde aplicações domésticas até complexos processos industriais.

Qual a participação da energia térmica no consumo geral de energia no Brasil e na Europa?

O percentual de consumo de energia térmica no Brasil é muito maior do que o percentual de consumo de energia térmica para geração elétrica. De acordo com dados do Balanço Energético Nacional (BEN) de 2022, a energia térmica representou 45,6% do consumo total de energia primária no Brasil. A maior parte da energia térmica é utilizada para aquecimento de água e ambientes. A energia térmica também é utilizada em grande escala para geração de energia elétrica, principalmente em usinas termoelétricas acionadas por combustíveis fósseis.

O Ben É Um Relatório Anual Que Reúne Informações Sobre A Produção, O Consumo E O Comércio De Energia No Brasil. O Balanço Energético Da Ue É Um Relatório Anual Que Reúne Informações Sobre A Produção, O Consumo E O Comércio De Energia Na União Europeia.
os dados sobre o consumo de energia térmica no brasil foram obtidos do balanço energético nacional (ben) de 2022, publicado pela empresa de pesquisa energética (epe). os dados sobre o consumo de energia térmica na europa foram obtidos do balanço energético da união europeia (ue) de 2022, publicado pela agência internacional de energia (aie).

O governo brasileiro tem trabalhado para diversificar a matriz energética do país, com o objetivo de reduzir a dependência de combustíveis fósseis. Nesse contexto, o governo tem incentivado o desenvolvimento de fontes de energia renováveis, como a energia solar e a energia eólica. O consumo de energia térmica no Brasil deve continuar crescendo nos próximos anos, principalmente devido ao aumento da demanda por energia elétrica e aquecimento de água. No entanto, o governo brasileiro tem trabalhado para diversificar a matriz energética do país, com o objetivo de reduzir a dependência de combustíveis fósseis.

O percentual de consumo de energia térmica na Europa também é muito maior do que o percentual de consumo de energia térmica para geração elétrica. De acordo com dados da Agência Internacional de Energia (AIE), em 2022, a energia térmica representou 60,6% do consumo total de energia primária na União Europeia (UE). 

Na Europa, a maior parte da energia térmica é utilizada para aquecimento de água e ambientes. A energia térmica também é utilizada em grande escala para geração de energia elétrica, principalmente em usinas termoelétricas acionadas por combustíveis fósseis.

Aqui estão algumas diferenças específicas entre o consumo de energia térmica na Europa e no Brasil:

  • Na Europa, a energia térmica é utilizada em maior escala para aquecimento de ambientes, enquanto no Brasil, a energia térmica é utilizada em maior escala para geração de energia elétrica.
  • Na Europa, a energia térmica é produzida principalmente a partir de combustíveis fósseis, enquanto no Brasil, a energia térmica é produzida a partir de uma variedade de fontes, incluindo combustíveis fósseis, biomassa e fontes renováveis não convencionais.
  • A Europa tem trabalhado para diversificar a matriz energética do continente, com o objetivo de reduzir a dependência de combustíveis fósseis, enquanto o Brasil também tem trabalhado para diversificar a matriz energética do país, mas o foco principal tem sido a redução da dependência de fontes hídricas.

Qual a origem dos dados sobre o consumo de energia térmica no Brasil e Europa?

O BEN é um relatório anual que reúne informações sobre a produção, o consumo e o comércio de energia no Brasil. O Balanço Energético da UE é um relatório anual que reúne informações sobre a produção, o consumo e o comércio de energia na União Europeia.

A EPE é uma empresa pública brasileira responsável pela pesquisa e desenvolvimento de políticas energéticas. A AIE é uma organização internacional que reúne os principais países consumidores e produtores de energia.

Amplie seu conhecimento em resíduos sólidos com a VirapuruFlix. Com conteúdo técnico avançado, é perfeito para acadêmicos e profissionais do setor ambiental. Assine e mantenha-se atualizado com as melhores práticas e tecnologias!
virapuruflix: sua chave para um futuro sustentável. aprenda sobre negócios sustentáveis, reciclagem e leis ambientais. essencial para consultores, gestores e todos que visam impactar positivamente o meio ambiente. assine agora e faça a diferença

Autor

Artigos Relacionados

A geração de energia com biogás é uma solução sustentável e versátil, obtida através da decomposição de matéria orgânica. Usinas de biogás convertem resíduos agrícolas, esgoto e outros resíduos em energia limpa. O biogás pode ser utilizado para gerar eletricidade, calor e biometano, reduzindo a dependência de combustíveis fósseis e contribuindo para a mitigação das mudanças climáticas.

GERAÇÃO DE ENERGIA COM BIOGÁS – UMA SOLUÇÃO ALTAMENTE COMPETITIVA

Como funciona a geração de energia com biogás? Que tipo de energias são geradas? Como funciona a geração de energia elétrica com biogás? Como armazenar a energia gerada com biogás? Como gerenciar a geração de energia com biogás para ter o maior lucro? Como o modelo de geração de energia com biogás pode dar mais segurança que outros? Entenda os motivos que fazem da geração de energia com biogás uma opção altamente lucrativa, sustentável e segura de negócios.

Leia mais »

GESTÃO DA ÁGUA NA SUINOCULTURA

Quais são os usos de água na suinocultura? Como calcular o volume de água necessário para uma granja? Qual a demanda de água por sistema de produção de suínos? Como o manejo e características das instalações podem favorecer a gestão da água? Entenda como é possível promover a sustentabilidade.

Leia mais »
Histórico mundial da Produção de carne bovina. Produção de carne bovina no Brasil. Quais os principais problemas causados pela produção de carne bovina. Como fazer a produção de carne bovina de forma sustentável. Como combinar a produção de carne bovina com usina de biogás? Pretende investir em Usina de Biogás para sua produção de carne bovina?

PRODUÇÃO DE CARNE BOVINA DE FORMA SUSTENTÁVEL

Histórico mundial da Produção de carne bovina. Produção de carne bovina no Brasil. Quais os principais problemas causados pela produção de carne bovina. Como fazer a produção de carne bovina de forma sustentável. Como combinar a produção de carne bovina com usina de biogás? Pretende investir em Usina de Biogás para sua produção de carne bovina?

Leia mais »
A eficiência de uma usina de biogás é determinada pela eficácia com que os resíduos orgânicos são convertidos em biogás. Fatores cruciais incluem a qualidade do substrato, a tecnologia do biodigestor e a otimização dos processos de digestão anaeróbica. Investir em tecnologia avançada e gerenciamento eficiente é chave para maximizar a produção de biogás.

COMO AUMENTAR A EFICIÊNCIA DE UMA USINA DE BIOGÁS

O que é e como funciona uma usina de biogás? Quais os fatores que influenciam o funcionamento de uma usina de biogás? Como a tecnologia escolhida afeta a eficiência de uma usina de biogás? O que faz uma usina de biogás operar com baixa eficiência? Que tipo de substrato aumenta a eficiência de uma usina de biogás?

Leia mais »
O investimento em uma usina de biogás inclui componentes como o fermentador, sistema de alimentação, sistema de tratamento do biogás, gerador de energia elétrica, reservatório de armazenamento de biogás, entre outros.

QUE PROBLEMAS UMA USINA DE BIOGÁS RESOLVE

O que faz uma usina de biogás? Qual a importância de saber que tipos de problemas uma usina de biogás resolve? Que problemas uma usina de biogás resolve na área ambiental? Que problemas uma usina de biogás resolve na área social? Que problemas uma usina de biogás resolve na área energética? Que problemas uma usina de biogás resolve na área de inovação tecnológica? Que problemas uma usina de biogás resolve na área da agricultura? Que problemas uma usina de biogás resolve na área da pecuária? Que problemas uma usina de biogás resolve na área da agroindústria?

Leia mais »