BIODIGESTORES NO BRASIL – INCENTIVOS LEGAIS E FISCAIS

Quais os Incentivos legais para a construção de biodigestores no Brasil? Qual o tratamento ideal para resíduos orgânicos? Como ocorre o uso comercial de biodigestores? Qual é a situação do Brasil na tecnologia de biodigestão anaeróbia? Quais são os aspectos que incentivam a implantação de biodigestores?
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Telegram
Saudações sustentáveis!

A geração de resíduos orgânicos é uma realidade em todo o mundo, principalmente em países como o Brasil, que possuem uma forte atividade agrícola e pecuária. A decomposição desses resíduos é um processo natural que libera gases de efeito estufa, que contribuem para o aquecimento global. No entanto, a construção de biodigestores no Brasil pode ajudar a reduzir a emissão desses gases, gerar energia e produzir fertilizantes naturais.

A FINEP está comprometida com a inovação e a sustentabilidade, liberando até R$ 250 milhões para projetos com biogás. Esse financiamento substancial oferece uma oportunidade significativa para impulsionar a produção de energia limpa a partir de resíduos orgânicos e contribuir para a mitigação das mudanças climáticas.
os valores liberados de até r$ 250 milhões pelo finep para projetos com biogás representam um passo importante na promoção de tecnologias sustentáveis e na transição para uma matriz energética mais verde. esses recursos apoiam iniciativas inovadoras que têm o potencial de revolucionar a produção de energia renovável.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos brasileira, Lei nº 12.305/2010, junto com o Decreto nº 7.404/2010, estimulam a implantação de biodigestores no Brasil e fortalece os argumentos de incentivos para a implementação de projetos de biodigestão de resíduos sólidos orgânicos urbanos.

O uso de tecnologias sustentáveis garante a geração de empregos com negócios de alta lucratividade e proteção à natureza. A lucratividade dos empreendimentos pode ser usada para diminuir o impacto dos custos da administração pública e elevar o Brasil para o status de país de primeiro mundo.

Neste artigo, vamos abordar os incentivos legais para a construção de biodigestores no Brasil, que são importantes para estimular a adoção dessa tecnologia e promover a sustentabilidade no país.

O que são biodigestores?

Biodigestores são equipamentos que transformam resíduos orgânicos em biogás e biofertilizantes por meio de um processo de fermentação anaeróbica. Essa tecnologia pode ser aplicada em diferentes setores, como na produção de energia elétrica, gás de cozinha, combustível veicular e adubo orgânico.

O tratamento de resíduos orgânicos acontece em função do tipo de resíduo a ser tratado. Normalmente resíduos orgânicos de cadeia molecular grande como madeira, recebe um tratamento diferente de resíduos orgânicos com cadeia molecular mais curta como é o caso de frutas, legumes, resíduos agrícolas, dejetos de animais, … Para o segundo caso, podemos citar a compostagem e a biodigestão como alternativas viáveis.

Biodigestor,Biodigestores,Que Es Un Biodigestor,Biodigestor Aerobico,Biodigestor Permacultura,Como Construir Un Biodigestor,#Biodigestor,Biodigestor Casero,Biodigestor Casero Para Aguas Negras,Como Se Hace Un Biodigestor Para Aguas,Biodigestor Fortlev,Biodigestor Para Tratar Las Aguas Del Baño,Como Hacer Un Biodigestor Para Aguas Negras,Como Hacer Un Biodigestor Para Aguas Grises,Instalação Biodigestor,Como Hacer Un Biodigestor,Como Instalar Biodigestor
os negócios com biodigestores no brasil podem ser feitos para a geração de energia, produção de biometano, fabricação de biofertilizantes além de venda de créditos de carbono e outras atividades. sem dúvidas uma excelente oportunidade de negócios

O processamento de resíduos orgânicos em biodigestores no Brasil resulta em biogás, que é composto por metano e gás carbônico, e chorume. O metano é comercializado como matéria prima para a geração de energia e o gás carbônico vendido para diferentes indústrias, como as de refrigerantes, por exemplo.

O chorume pode receber um tratamento simples e ser transformado em biofertilizantes, com grande aceitação no mercado. Com isso, as chances de lucratividade em projetos de biodigestores no Brasil é relativamente grande e pode ser “garantida” com a elaboração de um Plano de Negócio. A lucratividade dos empreendimentos ajuda o Estado a diminuir o peso do custo da administração pública em geral.

Desta forma, existe uma tendência de se realizar o tratamento de resíduos orgânicos com biodigestores no Brasil.

Incentivos fiscais para a construção de biodigestores no Brasil

Existem diversos incentivos fiscais para a construção de biodigestores no Brasil, que podem ser obtidos por meio de programas governamentais e leis específicas. 

Os incentivos legais para a construção de biodigestores no Brasil começam com a Política Nacional de Resíduos Sólidos brasileira, que estabelece uma ordem de prioridade na gestão e gerenciamento de resíduos sólidos como mostrado abaixo:

Lei 12.305/2010 Art. 9o – Na gestão e gerenciamento de resíduos sólidos, deve ser observada a seguinte ordem de prioridade: não geração, redução, reutilização, reciclagem, tratamento dos resíduos sólidos e disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos.

  • 1o Poderão ser utilizadas tecnologias visando à recuperação energética dos resíduos sólidos urbanos, desde que tenha sido comprovada sua viabilidade técnica e ambiental e com a implantação de programa de monitoramento de emissão de gases tóxicos aprovado pelo órgão ambiental.
  • 2o A Política Nacional de Resíduos Sólidos e as Políticas de Resíduos Sólidos dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios serão compatíveis com o disposto no caput e no § 1o deste artigo e com as demais diretrizes estabelecidas nesta Lei.

A aplicação do conceito de não geração e redução de resíduos pode também ser considerada para os resíduos orgânicos. Contudo, em muitos casos haverá uma grande quantidade de resíduos gerados. Seguindo a ordem de prioridade da Lei 12.305/2010, termos a reutilização e a reciclagem de resíduos que não podem ser aplicadas aos resíduos orgânicos.

Residuos Orgánicos,Resíduo Orgânico,Residuos Organicos,Resíduos Orgânicos,Adubo Orgânico,Oque São Resíduos Orgânicos,Desechos Orgánicos,Aproveitamento Resíduos Orgânicos,O Que É Resíduo Orgânico,Como Separar Os Resíduos Orgânicos Em Casa,Destinação Correta Resíduos Orgânicos.,Como Colocar Resíduos Orgânicos Na Composteira,Como Produzir Resíduos Orgânicos Para Composteira,Residuos Solidos Organicos,Compostaje De Residuos Organicos
usinas de biogás são empreendimentos multifuncionais e facilmente adaptáveis à qualquer mercado global. os biodigestores no brasil prometem ser a nova onda de negócios super lucrativos da atualidade.

Além disso, podemos destacar:

Programa Nacional de Bioenergia (PNBIO)

O PNBIO é um programa do governo federal que visa incentivar a produção de biocombustíveis, biogás e bioquímicos a partir de fontes renováveis. Uma das medidas adotadas pelo programa é a isenção de PIS/Cofins para o biogás produzido a partir de resíduos sólidos urbanos e de origem agropecuária.

Lei nº 12.783/2013

A Lei nº 12.783/2013 estabelece que a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) deve incentivar a produção de energia elétrica a partir de fontes renováveis, como o biogás. A legislação prevê a concessão de descontos tarifários para a energia gerada por meio de cogeração qualificada.

Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (MODERFROTA)

O MODERFROTA é um programa do governo federal que oferece crédito para aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas. Os recursos podem ser utilizados para a compra de biodigestores no Brasil e outros equipamentos que contribuem para a sustentabilidade na agricultura.

Lei nº 13.576/2017

A Lei nº 13.576/2017 dispõe sobre a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio), que tem como objetivo incentivar a produção de biocombustíveis no país. A legislação prevê a emissão de créditos de descarbonização (CBIOs) para as empresas que produzem biocombustíveis, incluindo o biogás.

Incentivos estaduais e municipais para a construção de biodigestores no Brasil

Além dos incentivos fiscais federais, existem também incentivos estaduais e municipais para a construção de biodigestores no Brasil. Dentre eles, podemos citar:

Programa Paulista de Biogás

O Programa Paulista de Biogás é uma iniciativa do governo do estado de São Paulo que visa estimular a produção de biogás a partir de resíduos orgânicos. O programa oferece financiamento para a construção de biodigestores no Brasil, além de incentivos fiscais e técnicos para os produtores rurais e empresas.

Programa de Incentivo à Geração de Energia Elétrica a Partir de Biogás

O Programa de Incentivo à Geração de Energia Elétrica a Partir de Biogás é uma iniciativa da prefeitura de São Paulo que oferece incentivos fiscais para as empresas que investem na produção de energia elétrica a partir de biogás.

Programa de Incentivo ao Desenvolvimento da Cadeia do Biogás no Rio Grande do Sul

O Programa de Incentivo ao Desenvolvimento da Cadeia do Biogás no Rio Grande do Sul é uma iniciativa do governo estadual que visa estimular a produção de biogás no estado. O programa oferece incentivos fiscais para os produtores rurais e empresas que investem na construção de biodigestores no Brasil.

Benefícios ambientais e econômicos dos biodigestores

A construção de biodigestores no Brasil traz benefícios tanto para o meio ambiente quanto para a economia do país. Dentre os principais benefícios, podemos destacar:

Redução da emissão de gases de efeito estufa

A decomposição dos resíduos orgânicos é responsável pela emissão de gases de efeito estufa, que contribuem para o aquecimento global. A construção de biodigestores no Brasil permite a captura e o aproveitamento do biogás, reduzindo a emissão desses gases na atmosfera.

Geração de energia elétrica e gás de cozinha

O biogás produzido pelos biodigestores pode ser utilizado como fonte de energia elétrica e gás de cozinha, reduzindo a dependência dos combustíveis fósseis e contribuindo para a segurança energética do país.

Produção de biofertilizantes

Os resíduos orgânicos processados nos biodigestores geram biofertilizantes ricos em nutrientes, que podem ser utilizados na agricultura, reduzindo a dependência dos fertilizantes químicos e promovendo a sustentabilidade do setor.

A construção de biodigestores é uma tecnologia importante para a redução da emissão de gases de efeito estufa e para a geração de energia e biofertilizantes a partir de resíduos orgânicos. Os incentivos legais para a construção de biodigestores no Brasil são fundamentais para estimular a adoção dessa tecnologia e promover a sustentabilidade no país. Através dos programas governamentais e leis específicas, é possível reduzir os custos de investimento, além de incentivar a geração de emprego e renda no setor. A construção de biodigestores é uma das formas de contribuir para a transição energética e para a construção de uma economia mais sustentável e inclusiva no Brasil.

Amplie seu conhecimento em resíduos sólidos com a VirapuruFlix. Com conteúdo técnico avançado, é perfeito para acadêmicos e profissionais do setor ambiental. Assine e mantenha-se atualizado com as melhores práticas e tecnologias!
virapuruflix: sua chave para um futuro sustentável. aprenda sobre negócios sustentáveis, reciclagem e leis ambientais. essencial para consultores, gestores e todos que visam impactar positivamente o meio ambiente. assine agora e faça a diferença

Autor

Artigos Relacionados

melhor biodigestor para o projeto

COMO ESCOLHER O MELHOR BIODIGESTOR PARA SEU PROJETO

Várias questões surgem quando pensamos em implementar um projeto de biodigestor. Como, por exemplo, qual a diferença entre os modelos existentes. Qual seria o mais eficiente para o meu projeto? Quanto preciso investir? Qual a área necessária para um biodigestor? Neste artigo vamos responder as principais perguntas sobre o tema.

Qual a diferença entre os biodigestores? Qual biodigestor é mais eficiente para o meu projeto? Quanto preciso investir em um biodigestor?

Leia mais »

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

Quais são os desafios enfrentados no agronegócio em relação ao consumo e tipo de energia? A utilização da energia neste setor é a forma mais eficiente de utilização? Deve-se investir na construção de mais hidrelétricas no país? Aprenda sobre agronegócio eficiente lendo este artigo.

Leia mais »